Maria Beatriz Furtado
Eventos
Artigos
Eventos
UFC Atlantic City - Pós luta

UFC Atlantic City - Pós luta

kevin-lee-edson-barboza-ufc-fight-night-

Mais uma noite de UFC para a conta, e essa não foi nada boa para os brasileiros que participaram do evento.

Luan Chagas fez a única luta do card preliminar que terminou antes do tempo. Ele foi nocauteado pelo afegão Bahadurzada, com um chute bem dado no corpo, embora tenha feito um bom primeiro round.

Na luta seguinte, um resultado polêmico: após ir melhor durante toda a luta, nos últimos segundos do terceiro round, Merab Dvalishvili estava sendo envolvido pelo pescoço por seu adversário Ricky Simon, ficando literalmente roxo, mas não bateu e estava inclusive sacudindo muito as pernas, e ao soar do gongo o árbitro os separou normalmente. Ok. Eis que o resultado demora um pouco mais para sair enquanto a comissão discute e volta com o anúncio. Simon foi vencedor por nocaute técnico, pois entenderam que em um momento Dvalishvili ficou inconsciente. Se vc não assitiu, veja o replay e tire suas conclusões! Digo que foi um resultado bastante controverso.

Iniciando o card principal, infelizmente Miller teve sua quarta derrota consecutiva. A idade falou mais alto e Hooker acertou em cheio uma joelhada e o nocauteou ainda no primeiro round.
Em seguida, Sterling dominou todos os rounds sobre Johns e levou por decisão. 

Agora, outra tristeza da noite foi o nosso Thiago Marreta. Começou a luta bem, estava aparentemente focado, mas foi surpreendido por um golpe certeiro de Branch em sua guarda baixa logo no primeiro round, sendo nocauteado. Uma pena, sendo que ele estava num momento de ascensão na carreira.

A única luta dos pesados da noite até que se iniciou movimentada, com Willis chegando perto de um nocaute em Sherman, que conseguiu aguentar bem e nos próximos rounds o gás de ambos foi caindo, natural até pelo peso, e a luta foi se arrastando e sendo levada para a decisão dos árbitros, que deram por unanimidade a Willis. Sem controvérsias. 

Edgar e Swanson fizeram uma grande luta, como era o esperado. Foi uma grande sequência de trocação em pé, mas com o domínio de Edgar foi claro em todos os momentos, voltando assim ao páreo para a disputa do cinturão. Até anulou o jogo do grande Swanson. 

E por fim, a derrota mais sofrida de todas. Barboza novamente passou por maus bocados no chão, repetindo a falta de habilidades nessa área como na luta contra o Nurmagomedov. Logo no início do combate Kevin Lee conseguiu derrubar e "passeou" no round. No próximo, mais do mesmo. Até que por um momento em que conseguiu se manter em pé, Barboza acertou em cheio um chute na cabeça de Lee, que o balançou muito, mas não conseguiu dar sequência e logo este momento passou, estendendo a agonia do brasileiro por quatro rounds, até a luta ser interrompida pelos médicos, sem mais condições. #chateada 
Que venham noites melhores para o Brasil.

Confiram os resultados completos:

CARD PRINCIPAL

Kevin Lee venceu Edson Barboza por nocaute técnico (interrupção médica) no 5R
Frankie Edgar venceu Cub Swanson por decisão unânime
Justin Willis  venceu Chase Sherman por decisão unânime
David Branco venceu Thiago Marreta por nocaute técnico no 1R
Aljamain Sterling venceu Brett Johns por decodec iunânim
Dan Hooker venceu Jim Miller por nocaute no 1R

CARD PRELIMINAR

Ryan LaFlare venceu Alex Garciabpor decisão unânime
Siyar Bahadurzada venceu Luan Chagas por nocaute no 2R
Corey Anderson venceu Patrick Cummins por decisão unânime
Ricky Simon venceu Merab Dvalishvili por nocaute técnico no 3R
Tony Martin venceu Keita Nakamura por decisão unânime

Maria Beatriz Furtado
Paulista, bancária se aventurando no mundo da escrita, sobre um assunto que tanto gosta,MMA, com a maior espontaneidade possível.