Lucas Moreira
Eventos
Artigos
Eventos
  Amanda Nunes garante seu título em casa e Belfort se despede

  Amanda Nunes garante seu título em casa e Belfort se despede

54602%2Camanda-nunes-defende-cinturao-pe

            Nocautes alucinantes, polêmicas e despedida marcaram a noite de lutas do UFC 224. O evento realizado no dia 12 de maio na Jeunesse Arena, na Barra da Tijuca esteve com um card recheado de combates fortes e técnicos, além de momentos marcantes como a despedida de Vitor Belfort do octógono mais famoso do mundo, com o ato de largar suas luvas em pleno cage, simbolizando assim seu fim no evento. Houve também a defesa de cinturão da brasileira Amanda Nunes pela primeira vez no seu país de origem..

            A primeira luta começou com o brasileiro Markus "Maluko" Perez e o americano James Bochnovic. O brasileiro fez sua segunda luta pelo UFC. Markus "Maluko" Perez venceu por finalização aos 4:28 do primeiro round.  

            A segunda luta foi entre o brasileiro Alberto Mina e o russo Ramadan Emeev.  A luta teve como resultado a vitória de Ramadan Emeev por decisão unânime dos juízes. 

            A terceira luta do card preliminar foi feita entre os atletas Jack Hermansson da Suécia e Thales Leites do Brasil. O sueco Jack Hermansson venceu por nocaute técnico aos 2:10 do terceiro round. 

            O brasileiro Warlley Alves e o russo Sultan Aliev fizeram a quarta luta da noite e o vencedor foi o brasileiro que por interrupção médica no final do segundo round foi declarado o vencedor por conta de um grande machucado no olho direito do seu adversário que fechou totalmente o olho do atleta.

            Seguindo o curso das lutas, o quinto combate foi entre o brasileiro Elizeu "Capoeira" dos Santos e o norte americano Sean "Tarzan" Strickland.  Elizeu venceu a luta por nocaute aos 3:40 do primeiro round. 

              A atração em sequência se deu entre o alemão Nick "Sergeant" Hein e o brasileiro Davi Ramos. A luta terminou com a vitória de Davi Ramos por finalização aos 4:15 do primeiro round. 

             Na penúltima luta do card preliminar do UFC 224 tivemos a luta entre Alexey Oleynikluta e Junior Albini. A luta terminou por finalização do russo a 1:45 do primeiro round. 

             Na última luta , Cezar "Mutante" Ferreira enfrentou o norte americano Karl Roberson. O americano que até antes do combate estava invicto na categoria foi derrotado por Mutante por submissão faltando 15 segundos para o fim do primeiro round. 

             Na primeira luta do card principal, a despedida do veterano brasileiro Vitor Belfort foi feita com o também brasileiro Lyoto Machida. O primeiro round foi um tanto morno com os atletas  estudando o jogo um do outro. No segundo round, Machida acertou um chute frontal ao estilo do karatê, modalidade de origem do lutador, que acabou derrubando Belfort, assemelhando ao mesmo nocaute sofrido por ele quando o campeão da categoria na época, Anderson Silva, aplicou um chute no UFC 126. A luta terminou a 1:00 do segundo round por nocaute de Lyoto. Vitor Belfort fez sua última luta pelo UFC e acumula 26 lutas pelo evento com 15 vitórias, 10 derrotas e 1 No Contest desde sua estreia no UFC 12 em 1997. 

             Já pela segunda luta do card principal, o brasileiro John "Mãos de pedra" Lineker enfrentou o americano Brian Kelleher. Numa luta cheia de emoção e muito teste de resistência, nenhum dos dois atletas acusava fraquejar durante o combate, porém Lineker a partir do segundo round começou a ser mais efetivo nos golpes enquanto o americano buscava mais as grades para poder se esquivar dos golpes do brasileiro e tentar surpreender com algum soco bem aplicado. A luta continuou até o terceiro round que depois de algumas trocas de golpes Kelleher não aguentou se manter em pé e foi nocauteado pelo brasileiro. O brasileiro John Lineker venceu por nocaute aos 3:43 do terceiro round.

             Pela primeira luta feminina do evento, a americana com nacionalidade brasileira, Mackenzie Dern, que já tinha perdido 30% da sua bolsa da luta, subiu no octógono pressionada com a provocação de sua adversária, a também americana Amanda Cooper. O combate se desenrolou com uma boa troca de golpes entre as atletas e em um golpe bem aplicado, Amanda deu brecha para Mackenzie levar a luta para o chão, arte que é sua especialidade, e logo conseguiu sufocar a adversária que não aguentou e acabou perdendo. A luta terminou com um mata-leão de Mackenzie aos 2:27 do primeiro round.
 

             Na penúltima luta do evento, entraram no cage o brasileiro Ronaldo "Jacaré" Souza e o americano Kelvin Gastelum. A luta entre os dois atletas propensos a disputar o título da categoria começou bem intensa com alto rendimento dos dois até a metade do segundo round que a partir desse momento caíram de rendimento por conta do cansaço, porém a luta não deixou de ser emocionante por conta dos golpes aplicados que continuavam contundentes e qualquer um poderia ser nocauteado. A luta foi para os juízes que deram a vitória a Gastelum por decisão dividida. 
 

              A luta principal, Amanda Nunes e Raquel Pennington, foi a mais emocionante da noite e fez o público presente vibrar desde o início, com a entrada da atleta no octógono, até o final. O combate se manteve um tanto disputado durante os dois primeiros rounds com as atletas buscando encontrar uma brecha no jogo uma da outra. No terceiro e quarto rounds, Amanda conseguiu conectar golpes mais efetivos. Durante o intervalo do quarto para o quinto round a transmissão americana flagrou o momento que a americana Pennington disse ao seu treinador que o nariz dela  havia sido quebrado e que ela não  aguentava mais lutar com aquela lesão, contudo seu treinador não jogou a toalha e a luta seguiu para o quinto round que foi facilmente dominado pela brasileira, Amanda acabou vencendo por nocaute técnico aos 2:36 deste. Amanda fez sua terceira defesa de cinturão desde quando conseguiu tirar o título da ex-campeã Miesha Tate no UFC 200 em Las Vegas, Nevada. 

Crédito: Lucas Moreira e Karolyne Caparelli

Lucas Moreira
Estudante de jornalismo no terceiro período, maratonador de séries e apaixonado por esportes (principalmente pelo campeonato inglês de futebol).